O que é anemia

O que é anemia

26/02/2020 0 Por estacao

O QUE É ANEMIA?

Anemia é a situação em que faltam células vermelhas no organismo (eritrócitos, glóbulos vermelhos), indispensáveis para o transporte de oxigênio pelo organismo e para a oxigenação dos tecidos.

 

QUAIS AS SUAS CAUSAS?

A causa mais freqüente é a deficiência de ferro, conhecida como anemia ferropriva, mas ainda existem outros tipos de anemia como por deficiência de ácido fólico e, raramente, por falta de vitamina B12.

A anemia ferropriva pode ocorrer nos seguintes casos:

  • Ingestão insuficiente de alimentos fontes de ferro.
  • Nos lactentes (entre 6 meses e 2 anos), quando alimentados com leite bovino: o ferro do leite bovino é escasso e mal absorvido pelo organismo. O aleitamento materno evita a anemia, pois a absorção de ferro pelo leite materno é muito superior.
  • Nas gestantes: ocorre a passagem de ferro da gestante para o feto por meio da placenta, causando uma queda de ferro. Por isso, deve ser feita a complementação de ferro, com orientação médica durante o pré-natal, para evitar anemia durante a gestação.
  • Enfermidades tais como síndrome da má absorção, verminoses, doenças gastrointestinais, miomas, ou quaisquer outras enfermidades que causem hemorragias, ocasionando perdas progressivas de ferro.
  • Nos idosos desassistidos: por falta de recursos, dentadura em mau estado e alimentação deficiente.

 

QUAIS OS SINAIS E SINTOMAS DA ANEMIA?

Fadiga e fraqueza; dificuldade de concentração; vertigens e tonturas; palpitações e taquicardia; dores nas pernas; falta de ar; falta de apetite, especialmente em crianças; palidez na pele e na conjuntiva (olhos), dentre outros.

 

COMO É FEITO O DIAGNÓSTICO?

O hemograma realizado em laboratório é o principal exame a ser realizado quando há suspeita de anemia. Outros exames podem ser utilizados para auxiliar no diagnóstico, tais como a dosagem de ferritina e ferro séricos, entre outros.

 

QUAL O TRATAMENTO DA ANEMIA?

O tratamento deve ser direcionado para tratar a causa da anemia, que normalmente é a deficiência de ferro. O uso de medicamentos (ex. sulfato ferroso oral) deve ser feito com orientação médica. Deve-se adotar também uma dieta rica em ferro, à base de fígado, feijão, beterraba, folhas verdes como espinafre, couve, etc.

 

Medicamentos à base de ferro e cuidados necessários

  • Estes medicamentos podem causar irritação gastrintestinal, agravada com o uso concomitante do ácido acetilsalicílico (AAS), o que pode ocasionar sangramento

gastrintestinal.

  • A ingestão destes medicamentos com alimentos reduz a sua absorção.
  • As preparações líquidas podem causar coloração temporária nos dentes, sendo recomendada a ingestão com canudinho.
  • O tratamento com ferro interfere impedindo a ação de alguns medicamentos (por exemplo, com tetraciclina).
  • O efeito do tratamento pode diminuir com a ingestão de antiácidos, medicamentos para úlcera como a cimetidina e penicilamina usada em reumatismo.